Treino de Ciclismo: dicas e planilhas de treinamento

Dicas e planilhas de treinamento grátis para atletas de ciclismo e MTB. Incluindo como calcular zonas de frequência cardíaca e como emagrecer pedalando.

Por que fazer treino de intervalado no ciclismo?


intervalado_ciclismoMuitos atletas acreditam que para melhorar a sua performance em uma corrida é necessário passar horas e horas pedalando, em estradas íngremes e com alto grau de intensidade, ignorando assim a importância do treinamento intervalado para se chegar ao seu pico de performance.

Com treino intervalado você pode aumentar a sua capacidade aeróbia, VO2, a sua resistência e sua potencia, e então consequentemente aumentar sua velocidade geral em cima da bicicleta e fator determinante para esportes que exigem velocidade e potencia como o ciclismo.

O treinamento intervalado é um método caracterizado pela fragmentação de tempos relativamente curto com momentos de alta intensidade e momentos de baixa intensidade para recuperação ativa ou passiva.

O volume, ou seja, o tempo dedicado ao treinamento intervalado quando comparado ao treinamento de endurance
(resistência) é consideravelmente menor. Para indivíduos que disponibiliza de pouco tempo para se dedicar aos seus treinos, este método é o ideal, além de extremamente necessário para o biker alcançar seus objetivos.

Para atletas que não dispõem de tempo para realizar o treino de resistência, seguir uma sequencia logica de treinamento intervalado permite e ajuda ganhar tempo e se tornar um individuo atleticamente competitivo, para os atletas que dispõem de tempo hábil para uma boa base de treinamento de endurance, os treinos intervalados traz uma variabilidade no trabalho que até então esta sendo realizado, agregando performance ao seu rendimento através das adaptações fisiológicas e metabólicas que este tipo de treinamento necessita e proporciona ao ciclista.
Algumas capacidades físicas como força, e algumas exigências físicas limiar de lactato, e VO2 max necessárias para melhorar as capacidades físicas necessitam do treinamento intervalado para serem trabalhadas, sendo assim é  quase que impossível um ciclista chegar ao máximo de sua performance sem realizar o treinamento intervalado para aprimorar tais exigências citadas anteriormente.

O trabalho de intervalos para uma melhora em seu limiar de lactato necessita de intervalos um pouco mais longo do que o trabalho para ganhos de VO2 max, e também com intensidade diferente onde demanda de um sistema energético diferente um do outro, considerando ainda que cada tipo de treinamento complementa o outro treinamento, deixando o atleta o mais completo possível.

Além de ser imprescindível para um ciclista chegar ao topo de seu rendimento, o treino intervalado ajuda de forma significativa a queima de gordura, tendo em vista que neste método de treinamento a gordura não somente é utilizada como fonte de energia para a realização do treinamento, ela faz com que a gordura seja utilizada também de forma crônica após o termino na seção de treino, ou seja, após finalizar o seu treino, seu corpo continua queimando gordura por mais algumas horas, sendo um dos principais motivos que este tipo de treino queima mais gordura.

É valido ressaltar que mesmo sendo parte essencial de um programa de treinamento para ganhos efetivos de performance, o treinamento intervalado pode e deve ser combinado com outros tipos de treino, como treino na zona de resistência, treinamento de força, e eficiência mecânica, sendo tais capacidades (exceto endurance) possível realizar dentro de intervalos de trabalho.